Certificação  para Cão de Assistência 

A APCA certifica Cães de Assistência, não treinados pela Associação, mediante uma avaliação positiva do cão, realizada por treinadores devidamente certificados.

No processo de certificação pela APCA estão incluídos entre outras coisas a avaliação do cão; ações de sensibilização sobre cães de assistência na escola / instituição e preparação da zona de residência para a aceitação legal de um cão de assistência.

Esta certificação tem a validade de 1 ano e é renovável mediante uma avaliação positiva realizada pela APCA.

Por favor contacte-nos se deseja que o seu Cão seja certificado.

Anúncios

Cães de Assistência

Ouvimos muitas vezes perguntarem afinal o que são cães de assistência e o que fazem? A APCA surgiu para responder a todas essas dúvidas e divulgar o trabalho que estes cães fazem e que em Portugal não é de todo valorizado, nem tão pouco conhecido.

Os cães de assistência não só prestam um serviço especifico a pessoas com deficiência, como actuam de forma a melhorar a sua qualidade de vida e de uma  geral devolvem ao seu dono a sensação de independência e liberdade.

Embora os cães-guia para cegos sejam treinados formalmente há mais de 70 anos, cães de assistência para pessoas com deficiência física e mental é um conceito muito mais recente, e só surgiu em 2007 aquando da publicação do Dec.Lei 74/2007 onde foi alterada a nomenclatura, surgindo um termo mais abrangente, o Cão de Assistência, que inclui o cão-guia, cão para surdos e cão de serviço (medical dog).

Em alguns países do mundo as pessoas que se fazem acompanhar por cães de assistência têm garantido o acesso legal a todos os edifícios que prestam serviços públicos e privados e a todos os meios de traIMG_3727nsporte público. A APCA está trabalhar no sentido de garantir que o mesmo aconteça em Portugal, onde esta lei, apesar de não ser recente é uma das mais abrangente a nível mundial. 

Com uma formação especial estes cães podem ajudar a mitigar diversos tipos de problemas, nomeadamente no auxílio a pessoas com mobilidade reduzida, deficiências sensoriais, mentais e orgânicas.

Exemplos de serviços que um cão de assistência pode prestar:

  1. Recuperação de objetos que estão fora de alcance;
  2. Abrir e fechar as portas, acender e apagar as luzes, etc;
  3. Ajudar as pessoas invisuais a deslocarem-se em espaços desconhecidos.
  4. Apoiar pessoas com dificuldades auditivas;
  5. Proporcionar equilíbrio e contra peso a pessoas que caminhem com dificuldades;
  6. Detecção de hipoglicémias e hiperglicémias (níveis baixos ou altos de açúcar no sangue);
  7. Auxílio durante e após episódios de epilepsia;
  8. Consoante a doença em que vai auxiliar o cão de assistência poderá ser treinado especificamente para as necessidades inerentes a essa condição.

Os cães de assistência certificados pela APCA são formados e criados em programas seletivos de modo a estarem aptos para o serviço a que se destinam, sendo as raças mais utilizadas os Golden Retrievers,  Labrador Retriever,  Pastor Alemão, Jack Russell, Labradoodles, entre outros.

A APCA orgulha-se de ser a única entidade certificadora de cães de assistência na área dos Medical Dogs